sábado, 19 de janeiro de 2008

Nautilus e Tasca

Foto provisória

Insulano de verdade já foi a uma festa no Nautilus. Insulano de verdade tem uma amiga que debutou ou recebeu os convidados do seu casamento nesta tradicional casa de festas.

O Bananal já foi uma região muito freqüentada, tipo a Praia da Bica. O Restaurante Tasca também era ponto de encontro de muita gente, com sua comida muito apreciada. Um empresário há pouco tempo tentou reativar a casa e neste período tive o privilégio de assistir a um show do Bicudo, tocando sambas de primeira.

Assim como a Tasca, o Nautilus já foi uma importante referência na noite insulana, mas com a degradação do Bananal ela acabou sofrendo as conseqüências. A Praia da Freguesia está muito mal tratada e durante a noite travestis e prostitutas se reunem para trabalhar. É ali que está localizado o famoso Peixão, ou Big Fish, prostíbulo de muito baixo nível, que fica lotado na primeira sexta-feira depois do dia 8 de todo mês.

A casa possui dois salões, um com ar condicionado, e consegue driblar a localização ruim com um excelente buffet. Antes do chope acabar o garçom já troca a sua tulipa e apesar do calor do verão carioca, em que cerveja gelada escasseia no Rio, a temperatura estava ótima. Sem falar nos salgadinhos quentes e gostosos.

Ponto fraco: má localização
Ponto forte: buffet

Praia da Freguesia 1227, Bananal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário