Contato

izidoro@ilhados.com

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Sou moradora da Ilha do Governador há 30 e costumo caminhar regularmente no calçadão da Praia da Bica. Está ficando cada vez mais difícil cumprir esse roteiro à noite, principalmente Quintas, Sextas e Sábados, devido à ocupação das calçadas por alguns quiosques, nomeadamente "Boteco", "Casa do Gaúcho", "Kabana do Alemão", "Sapatinho" e Mister México", os quais distribuem mesas e cadeiras onde seria o espaço reservado para os transeuntes. Inclusive, o "Mister México" ocupa prioritariamente a calçada, deixando a sua área interna praticamente livre. Enquanto alguns quiosques respeitam a regra de limitar-se à sua própria área de serviço, esses, já citados, cometem esse desrespeito. Situações desse tipo nos ajudam a entender a necessidade da Cidade do Rio de Janeiro precisar de um "choque de ordem" para ter melhor qualidade de vida para os moradores e turistas. Acho que a Praia da Bica está precisando urgentemente de um choque de ordem para que esses quiosques finalmente respeitem o direito de ir e vir dos cidadãos que gostariam de poder usufruir de suas calçadas tranquilamente, afinal, o direito de alguém termina, quando começa o do outro.

    ResponderExcluir