terça-feira, 9 de setembro de 2008

A máquina do fim do mundo

Amanhã será ligada a Máquina do Fim do Mundo, e se você está lendo isso, provavelmente a catástrofe que alguns cientistas preveram não aconteceu.

Tratasse de um acelerador de partículas com 27 quilômetros de raio. Essa máquina acelera duas partículas de prótons em direção oposta a 99,99% da velocidade da luz. Quando elas se encontrarem será capaz de reproduzir uma reação semelhante a do Big Band, ou seja, a origem do universo. Um grupo de cientista tentou de tudo para impedir que essa máquina seja ligada, alegando que a experiência pode provocar o surgimento de buracos negros, inspirando todo o planeta destruíndo-o. 

Coisa doida, parece roteiro de filme.

A máquina foi construída através de um consórcio de países europeus, custou três bilhões de euros e está localizada entre a França e a Suíça.

Quer saber mais? Clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário