segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Supermercado Extra dá mau exemplo

Eu sei que meus leitores não precisam disso mas vou traduzir o gráfico acima. É um plano cartesiano que possui no eixo das abscissas a Qualidade de um Produto/Serviço e no eixo das ordenadas a Necessidade de Propaganda/Publicidade, mostrando que ambos são inversamente proporcionais. Ou seja, quanto menor a qualidade de um produto ou serviço oferecido por uma empresa, maior é sua necessidade de investimentos em publicidade. Quem estudou administração, marketing ou publicidade já deve ter discutido esse assunto pelo menos uma vez.

Enfim, esse blog tem como uma de suas premissas falar das coisas boas e ruins de nossa Ilha do Governador e tempos atrás fiz uma postagem positiva sobre o supermercado Extra, falando do sortimento de seus produtos. Entretanto, hoje tive uma péssima experiência.

Durante a semana passei por lá para dar uma olhada nos preços das bicicletas e me informar sobre a possibilidade dela vir montada. Disseram que sim e ainda me convenceram a fazer um cartão. Hoje voltei lá para efetuar a compra e fazer aquela porcaria de cartão quando o funcionário do bazar me informou que ele não podia montar a dita cuja. Saí de lá puto, não comprei a bicicleta e nem fiz o cartão, e não pretendo fazê-lo.

Vou ter que ir a boa e velha lojinha de bicicletas de bairro, pois sei que lá vão me atender bem.

Agora entendi porque o Extra gasta milhões em publicidade por mês.

Mandei um e-mail para lá, quase na certeza que não terei resposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário