sexta-feira, 26 de junho de 2009

Quem nunca quis ser o Michael Jackson?

Nunca senti tanto a morte de um artista quanto a do Michael Jackson. Uma das coisas mais divertidas já feita pela indústria do entretenimento foi o clipe Thriller.

Perdi a conta de quantas vezes, nos churrascos na casa do Rodrigo, ficávamos ao redor da televisão assistindo um show do Michael (acho que foi em Israel) tentando descobrir como ele fazia aquele passo no qual inclinava o corpo para frente, quase chegando ao chão. Durante muito tempo churrasco na casa do Rodrigo não podiam faltar essas tentativas.

Depois de assistir vária vezes o show, quadro a quardo, chegamos a uma hipótese: o palco possui pinos retráteis que saem do chão, nos quais os bailarinos encaixam as sapatilhas pouco antes da realização do passo.

Além disso, We Are The World é uma das músicas representativas do meu namoro com minha digníssima. No buteco perto da faculdade, o qual frequentávamos toda semana, tinha uma dessas jukebox com vídeo, e essa música era top 10 dos bêbados locais. Toda noite tocava, no mínimo, umas três vezes. Era uma grande comoção, os bêbados se abraçavam e ficavam assistindo o clipe, cantando emocionadamente.

Enfim, assistam um clássico, postado em milhões de blogs ao redor do mundo, Thriller:

http://www.youtube.com/watch?v=AtyJbIOZjS8&feature=fvst

Agora fala a verdade: quem nunca quiz ser o Michael Jackson nesse clipe?

Nenhum comentário:

Postar um comentário