terça-feira, 8 de junho de 2010

Festas juninas na Ilha do Governador

Começou a temporada de festas juninas. Infelizmente, só são freqüentáveis até umas oito da noite, depois começa a encher de suspeitos e o funk e pagode se tornam a trilha sonora oficial.

Sexta passada, depois de sair das barcas, parei para comer uma carne seca com aipim na festa do Cocotá (foto). Estava agradável, clássicos dos forrós tocando e pouco movimento. Na semana seguinte fui um pouco mais tarde tentar comer um angu à baiana e não consegui. Não tinha. Além disso, tudo que experimentei estava muito ruim, um caldo verde aguado, tapioca sem graça e uma torta que me deixou arrotando gordura hidrogenada por horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário