domingo, 5 de setembro de 2010

Jockey Club


Ontem fui assistir uma peça no Teatro do Jockey, que fica ao lado da pista de corrida dos cavalos. Como cheguei com quase uma hora de antecedência, resolvi fazer uma aposta. Apostei R$5,00 no cavalo número 1 e acertei, ganhando R$18,00.

A entrada no Jockey é gratuita e as apostas começam em um real, ou seja, diversão barata. Na entrada você pega a folha com os páreos do dia com todas as informações necessárias. O papel com letras azuis são as corridas do Rio, as letras pretas, as de São Paulo, que também podem ser apostadas e assistidas por televisões espalhadas em quase todos os lugares. São muitas informações contidas no papel, é um pouco complicado os iniciantes.

Cada cavalo tem uma cotação, ou um rateio, e existem várias formas de aposta, como o vencedor ou ponta (escolhe-se um cavalo e só ganha se ele chegar em primeiro lugar), a dupla (acertar a ordem de chegada dos dois primeiros cavalos, independente da ordem de chegada), exata (acertar a ordem exata de chegada dos dois primeiros cavalos), a trifeta (acertar a ordem de chegada dos três primeiros cavalos) entre outras. Para saber mais, clique aqui.

Pouca gente sabe, onde hoje está o clube da Portuguesa já foi o Jockey Club Guanabara. O lugar fechou depois de um decreto de Jânio Quadros, que limitava as provas para apenas os domingos e feriados, a entrada de menores de 21 anos entre outras restrições. Dá uma olhada na foto abaixo, a marquise que protege o público ainda é a mesma:

Nenhum comentário:

Postar um comentário