sábado, 19 de fevereiro de 2011

Pela regulamentação da publicidade

Outro dia, num ponto de ônibus, vi duas crianças muito pequenas e obesas, certamente por conta do comportamento de risco dos pais, alimentação inadequada decorrente, entre outros fatores, da propaganda. 

Os publicitários falam sobre a autorregulamentação, que é uma tentativa de evitar que o governo faça leis restringindo a atuação dos anúncios. É claro que não funciona, abusos são cometidos e já passou da hora de uma legislação que proteja as crianças.

O Instituto Alana (www.alana.org.br e www.twitter.com/criancaeconsumo) é a principal organização que combate os abusos e pressiona para que o governo não se omita. Acompanhe o site e siga no twitter, sempre com informações importantes e notícias sobre os processos que eles freqüentemente abrem. Não sou muito favorável às petições online e aos manifestantes de sofá, mas esse manifesto eu assinei e recomendo que todos façam o mesmo: www.publicidadeinfantilnao.org.br

Abaixo, três ótimos vídeos, um sobre a publicidade para crianças e outro sobre obesidade infantil. O terceiro é a versão reduzida do documentário Criança, a Alma do Negócio.






Nenhum comentário:

Postar um comentário