segunda-feira, 28 de março de 2011

Rodízio de pizzas do Kilogrill

Se você quer comer uma boa pizza, o último lugar que você vai é num rodízio (na Ilha do Governador, que fique claro). Por isso não vou a um há alguns anos.

Outro dia, depois de uma ida frustrada até a Gávea para assistir uma peça de teatro (não houve apresentação no dia), e com uma fome inversamente proporcional ao meu saldo bancário, comer até estourar por R$10,90 (R$11,99 com os 10%) me pareceu uma boa idéia. Paramos no Kilogrill e aconteceu tudo que eu já esperava que acontecesse.

Pizzas medianas e somente nos sabores tradicionais passaram pela mesa. Fiquei com pena da garçonete, já que a cozinha ficava no segundo andar, obrigando-a a subir a noite inteira.

Na parede notei uma placa da Academia do Chope da Ambev, premiando o estabelecimento no ano de 2005. Esse certificado comprova a qualidade da bebida e são poucos bares que o possuem. Diante desse pedigree, resolvi experimentar, mesmo sabendo que o chope não é uma especialidade do lado de cá da Ponte Nova, conforme venho explicitando em diversas postagens. O chope chegou sem colarinho, provavelmente porque os clientes de lá assim pedem. A segunda rodada pedi na pressão, mas chegou tão fraco quanto o primeiro. O chope do Kilogrill está para o chope assim como o ki-suco está para o suco.

O buffet estava com uma cara boa. Não experimentei, mas talvez este seja o ponto positivo da casa, que ganhou em 2008 o prêmio do Guia Água na Boca do caderno Ilha dos jornais O Globo e Extra como melhor comida a quilo do bairro.

Resumo: pouco dinheiro + muita fome = rodízio de pizza. Não reclame da qualidade, ela certamente será muito baixa neste pacato bairro carioca cercado d'água por todos os lados.

Serviço

Estrada do Galeão, 1285 (perto da delegacia)
2462-3331 / 2462-4810

Nenhum comentário:

Postar um comentário