segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Pastel do Parque Royal

No início deste blog fiz uma série de postagens sobre pasteis de feira, procurando eleger o melhor da Ilha do Governador. Desde então, minha visão sobre este tradicional lance carioca mudou um pouco.

Tenho preferido as barracas não mais pelo pastel, mas pelos temperos disponíveis, principalmente o vinagrete. Atualmente o meu favorito são os vendidos às sextas perto do meu trabalho. Tem uma maionese temperada que até hoje não me falaram com que ela é feita. O vinagrete é feito com cebola e pimenta dedo-de-moça. A pimenta também é ótima.

Infelizmente na Ilha o vinagrete não é comum. É um hábito que veio de São Paulo, onde sua comercialização foi proibida pela vigilância sanitária local. Essa proibição causou um certo reboliço entre os consumidores, mas alguns clientes ainda conseguem o tempero através de códigos secretos, conforme mostrado nesse excelente artigo da Revista Piauí.

Pastel do Parque Royal - Ilha do Governador

Outro dia, pedalando, passei em frente a uma barraca ao lado do sacolão volante que fica aos sábados no Parque Royal. Obviamente parei para comer. Estava muito bom, com uma quantidade de carne acima do que tenho encontrado por aí. O vinagrete era feito com cebola, tomate, repolho e bastante pimentão. Achei um pouco demais, ainda prefiro o preparado apenas com cebola e dedo-de-moça. 

Pastel do Parque Royal
Sábados, ao lado do sacolão volante
Pastel: R$2,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário