quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Cocada de forno da Glória

Um dos meus programas favoritos é ir à feira. Sozinho, de bicicleta, ou com a digníssima e meu cachorro, compro ingredientes frescos para juntos cozinharmos o almoço do final de semana, sempre acompanhado de alguma bebida feita com cachaça e frutas, como morango, lixia, maracujá, uva ou qualquer outra que esteja bonita nas bancas.

Depois de uma tentativa frustrada de fazer um passeio de barco pelas Ilhas Cagarras, minha branquinha e eu fomos à feira da Glória, que acontece todo domingo. O almoço ficou divino: salada com folhas diversas, arroz de brócolis e filé de linguado assado. Destaque para a sobremesa: cocada.

Barraca do Evandro
Evandro é paraibano e junto com a esposa baiana criou esta espetacular cocada de forno. Em quatro versões (tradicional, banana, maracujá e açúcar mascavo), é assada dentro da casca do coco, que dá uma apresentação especial ao quitute. Também expões seus produtos às quintas, numa feira menor ali perto.

A cocada é espetacular, lembra a queijadinha, doce na medida certa. O fato de vir dentro do coco dá um charme. As versões mais baratas, vendidas em forminhas de alumínio, não possuem a mesma saída. Pena que comprei apenas uma. Pena maior ainda é que a banca dele fica na Glória.

Preços: R$1,50, R$2,50 e R$3,50
Todo domingo, na feira da Glória

Cocada de forno

Cocada de forno nordestina artesanal

Cocada de forno e minha maconherinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário