segunda-feira, 22 de julho de 2013

Remoção de famílias na Ilha do Governador

E-mail que recebi sobre a remoção forçada das famílias na Ilha:
Na próxima quinta-feira, 25 de julho, será realizado um protesto na pista do Aeroporto Internacional do Galeão Antônio Carlos Jobim. Será denunciada a privatização, totalmente ilegal, do aeroporto de acabará com os bairros de Tubiacanga, Parque Royal, Vila Juaniza (Barbante) e parte do conjunto habitacional na Portuguesa ( parte que fica próxima ao Parque Royal). O projeto consta com a remoção de mais de 3 mil famílias destas áreas.

No estudo feito pelas partes envolvidas, muitos moradores "ganharão" casas em Mauá e Magé. Este projeto absurdo precisa ser barrado, já que milhares de pessoas ficarão desempregadas e sem lugar definido para morar. As terras de Tubiacanga foram doadas pelo Beneditinos aos escravos no final do século XIX e não pertencem à União e muito menos a ANAC.

O protesto começará às cinco da manhã na pista, às nove os manifestantes sairão em marcha até o aeroporto.

Sem falar que perderemos nossa querida Capitania dos Copos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário