quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Bolinho de aipim


Depois das 6 da tarde , quando as lojas da Uruguaiana estão fechando e os guardas municipais indo para suas casas dormir, uma multidão de comerciantes informais invade esta tradicional rua carioca. Entre os produtos oferecidos, você pode encontrar roupas, tênis, artesanatos, relógios, bijuterias, CDs e DVDs, equipamentos eletrônicos, além da tradicional comida de rua, cachorros-quente, churrasquinhos, queijo coalho, aipim com carne seca, batata frita, caldos, camarão frito no espeto, frango empanado com catupiri, salgados entre outros.


Quem nunca comeu um salgado com refresco por R$1,00 na rua que atire a primeira pedra. Pensando nisso e relembrando minha época de estagiário fodido, comi esta semana um dos mais gostosos salgados de um real do Centro. Por volta das seis e meia , uma carrocinha se posiciona na Uruguaiana, em frente à Leader, para fritar seus deliciosos bolinhos de aipim . Os sabores são: frango, carne moída e seca, salsicha, queijo com presunto e calabresa. O de calabresa tem o formato de uma coxinha. A vantagem é que o bolinho não fica gorduroso e a pimenta é porreta. Também tem kibe, seco e crocante, muito gostoso. Se quiser, pode beber um guaraná natural por apenas setenta centavos .




Exibir mapa ampliado

Tem uma barraca igual que fica na esquina com a rua da Carioca.




Exibir mapa ampliado

Nenhum comentário:

Postar um comentário