quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

O melhor sanduíche de mortadela na chapa de padaria da Ilha

É com muito prazer que apresento o mais novo desafio de degustação do Guia Alternativo da Ilha do Governador: descobrir qual é o melhor sanduíche de mortadela na chapa deste simpático bairro carioca cercado de água por todos os lados.

Para tanto, criei um critério mais objetivo, que utilizará graus para diferentes quesitos, definindo o melhor sanduíche. Desta forma, você, caro leitor, poderá acompanha a colocação de cada um deles conforme forem publicados.

Os três quesitos a seguir receberão notas de 0 a 10:

Qualidade do pão;
Qualidade da mortadela;
Quantidade de mortadela.

Um quesito receberá notas de 0 a 5:

Tostagem.

Este último quesito tem menor, já que sua influência no resultado final é menor que os demais.

Veja uma descrição dos quesitos:

Qualidade do pão: se o pão é fresco e macio, com uma camada crocante não muito fina e nem grossa.

Qualidade da mortadela: isso não é jabá, mas a melhor mortadela disponível é a Ouro da Perdigão. Seu sabor, cor, textura e aroma são muito mais acentuados. Também é mais gordurosa, mas não ao ponto de prejudicar a degustação. Se o sanduíche usar esta mortadela, já vai ganhar muitos pontos.

Quantidade de mortadela: quanto mais, melhor. Ainda não vi aqui pelo Rio sanduíches iguais aos de São Paulo, vendidos em lugares como o Mercado Municipal (foto) e uma famosa lanchonete na São João esquina com a Ipiranga. São megas sanduíches, com muita mortadela (nota mental: visitar a Av. São João esquina com a Ipiranga antes de morrer).

Tostagem: o pão precisa estar quente, mas não queimado. Se a mortadela for na chapa também, pontos extras. Algumas padarias não possuem chapa, colocam o sanduíche no forno. Isso deixa o pão mais seco e crocante, correndo maior risco de passar do ponto.

Só não cheguei a uma conclusão de quantas padarias visitar. No mínimo 10, em lugares próximos às principais vias do bairro.

Se você tem alguma padaria para sugerir, é só me escrever, deixar uma postagem ou um recado no mural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário