domingo, 12 de julho de 2009

5 motivos para comer carne

Eu queria fazer uma postagem sobre a importância do consumo de carne na dieta das pessoas, mas resolvi copiar uma postagem do site Minha Vida.

Enfim, coma carne, faz bem para a saúde.

******

É verdade que a carne vermelha é fonte de colesterol e gordura saturada, mas ninguém pode esquecer os benefícios que ela traz ao seu metabolismo (quando consumida com moderação e seguindo receitas saudáveis de preparo. Comer carne é essencial também para quem está de dieta. O alimento mantém a sensação de saciedade e evita os ataques à geladeira entre as refeições mais importantes do dia.

A nutricionista responsável pelo portal Minha Vida, Roberta Stella, confirma. A carne vermelha fornece nutrientes fundamentais para manter a boa saúde . Quer saber quais? Então confira abaixo e não deixe de ver também os benefícios que cada um deles traz para a sua saúde.

1. Fonte de proteínas: as carnes vermelhas são fontes de proteínas de alto valor biológico, ou seja, apresentam todos os aminoácidos essenciais, aqueles que não são produzidos pelo organismo e devem ser obtidos através da alimentação. Além disso, as proteínas da carne apresentam uma elevada biodisponibilidade, traduzindo, são melhores absorvidas do que as proteínas de origem vegetal.

2. Fonte de ferro: a carne vermelha é a melhor fonte de ferro. Ela fornece o ferro que é mais bem absorvido se comparado com o ferro encontrado nos vegetais, evitando o desenvolvimento da anemia.

3. Fonte de vitamina B12: a vitamina B12 é fundamental para o organismo. Ela é responsável pela manutenção do sistema nervoso central e pela maturação e manutenção das células do sangue. As carnes vermelhas são as principais fontes dessa vitamina, sendo que ela não está presente nos alimentos vegetais.

4. Diversidade de opções: para controlar a quantidade de colesterol e gordura saturada que estão relacionadas com o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, basta escolher as carnes magras com menor teor desses componentes. Coxão mole, lagarto, filé mignon e patinho são exemplos de cortes com menor quantidade de gordura. Você, durante o preparo, ou até mesmo o açougueiro podem limpar a carne, descartando a gordura visível que ela apresenta.

5. Variedade de preparações: a carne é um alimento muito versátil, podendo ser ingrediente de diversos tipos de preparações como bolos, tortas, saladas, cozidos, assados, grelhados. Assim, basta usar a criatividade na cozinha e variar as receitas, evitando uma alimentação monótona. Afinal, comer carne grelhada todos os dias poder ser desestimulante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário