sábado, 5 de setembro de 2009

Desconferência e #blogcamprj

Em um artigo de 1907, o cientista inglês Francis Galton descreveu sua experiência em uma feira agropecuária, durante uma competição para se adivinhar o peso de um boi, depois de abatido e cozido. O desafio teve um total de 787 votos válidos. Os eleitores eram açougueiros, fazendeiros, produtores, veterinários e leigos. Galton emprestou os votos no final do concurso e observou que a média da soma dos palpites de todos os participantes apontava um peso estimado de 548,64 quilos, apenas 4,09 quilos ou 0,75% a mais que o peso real (544,55 quilos).

Ele concluiu que grupos de pessoas produzem escolhas democráticas com conclusões mais inteligentes do que o esperado sobre um assunto específico. Especialmente quando olhamos a média das opiniões.

Para tornar esse grupo citado ainda mais capaz de resolver problemas, poderíamos adicionar pessoas com habilidades diferentes das que encontramos usualmente em uma feira agropecuária, por exemplo: um cozinheiro, um economista, um engenheiro civil ou um estivador. A diversidade de idéias permite que as conclusões do grupo sejam mais passíveis de acertos, por meio da adição de diferentes perspectivas.

Retirei o texto acima do livro de Fábio Cipriani, Blog Corporativo, por ele ilustrar bem o funcionamento das redes sociais. O conhecimento é construído coletivamente. Por isso o esquema escolhido para as discussões nos Blogs Camps seja a desconferência.

A conferência tradicional é composta por uma mesa com os notáveis, reconhecidos publicamente por sua produção acadêmica e/ou profissional. Eles transmitem o saber à platéia. Na desconferência os assuntos a serem tratados são escolhidos na hora, por todos, e o conhecimento é transferido e criado coletivamente.

A teoria é ótima, mas nem sempre funciona. Para ocorrer melhor que uma conferência, todos devem ser participativos e possuir um mínimo de conhecimento do assunto, e não é isso que tem acontecido nos Blogs Camps. Os assuntos acabam ficando repetitivos, em todos os encontros são tratados os mesmos temas e pouco se avança. Fica tudo parecendo uma conversa de bar, conversa rasa. Apesar de esta ser a proposta do evento, acredito que pode ser melhor.

O Blog Camp RJ desse ano foi um pouco diferente. Algumas pessoas se inscreveram para falar, levaram apresentações prontas e fizeram suas explanações. Os temas foram tratados com um pouco mais de profundidade e a informalidade não foi perdida, vista a postura do público.

Apesar de ter sido melhor, as apresentações foram muito prescritivas, do tipo "10 passos para ter um blog de sucesso", "dicas para se tornar um webwriter" e "o que é preciso fazer para ganhar dinheiro com seu blog". Na vida real não é assim que funciona, não existem fórmulas mágicas para alcançar o sucesso, mas sempre é possível agregar alguma coisa.

Mesmo assim foi ótimo.

Leia também: Blog Camp RJ 2008.

Nenhum comentário:

Postar um comentário