sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Subway Ilha do Governador

Fui um adolescente considerado rebelde. Já fiquei acampado com o MST, já entrei na porrada com a polícia contra as privatizações do Fernando Henrique e joguei pedra em um "restaurante" do McDonald's. Hoje em dia não sou tão radical, mas continuo crítico do neoliberalismo, sistema que depende da existência de bilhões de pobres para existir.

Também não tenho mais ódio dos Estados Unidos, muito pelo contrário, passei a admirar muitas coisas de lá. Adoro diversos seriados, alguns filmes, e não vou morrer antes de ir a um musical na Broadway e andar de limousine na Quinta Avenida. Agora a única coisa que continuo odiando é a política externa do país, responsável por guerras e pobreza no resto do mundo.

Outra coisa que pretendo fazer é visitar aquelas lanchonetes de sanduíches que ficam na periferia de Nova Iorque, mostradas nos filmes policias da década de oitenta. Uma loja com pouca iluminação, muita fumaça e imensas chapas onde são preparadas as diversas carnes que servem de recheio para pães de centeio, integrais, granola entre outros. Sem falar no sanduíche de almôndega, o preferido do Joey Tribbiani.

Enfim, recentemente abriu uma filial do Subway na Ilha do Governador, segunda maior rede de fast food do mundo, perdendo apenas para você sabe quem. Fica logo no início da Rua Cambaúba, em frente à igreja evangélica. O cardápio é baseado no das lanchonetes que citei acima. Não é ruim, mas acho que o sabor fica muito longe dos originais que serviram de inspiração.

O sistema é parecido com o Spoleto, você começa escolhendo o pão, depois o recheio, o queijo, vegetais, molhos e temperos e, por fim, o acompanhamento. São diversas opções (veja o cardápio quase completo aqui). Possui duas opções de tamanho, 30 e 15 centímetros. Trinta centímetros de pão é um sanduíche enorme e vem bastante recheio. Só peça para a atendende aquecer bem, já que na maioria das vezes, mesmo depois de ir ao forno, vem com alguns ingredientes frios.

Dentre os molhos, o levemente picante é meu preferido, que ao contrário do que é vendido por aí, realmente esquenta um pouco a boca.

Só mais uma coisa: dos cinco tipos de pães disponíveis pela cadeia, a filial insulana só tem três.

Os sanduíches do Subway possuem menores quantidades de sódio e gordura. Veja a tabela nutricional.

2 comentários:

  1. "Uma loja com pouca iluminação, muita fumaça"... Acho que alguém aí está destinado a sofrer uma decepção. Nos anos 80, a onda do politicamente correto não era senão um zigoto, e ainda se podia fumar (o que produzia a tal fumaça) em lojas, restaurantes, bares, botecos, stripper clubs, discos etc. Hoje você encontrará ambientes limpos, cheirosos, sem gordura (coifas poderosas!), que vendem cerveja sem álcool. Isso mesmo: SEM álcool. Portanto, aproveite os filmes.

    ResponderExcluir
  2. P, não acabe com meus sonhos, por favor!

    ResponderExcluir