quinta-feira, 9 de junho de 2011

Lista com 10 melhores alimentos

Depois de publicar a lista com os 10 piores alimentos, segue relação dos melhores. Fiquei aliviado, já que tem muita coisa que eu como. Será que isso deixa no zero a zero?

Os 10 melhores alimentos

Os 10 Melhores Alimentos A nossa cultura de bem-estar habituou-nos a alimentos com elevado teor de gorduras, proteínas, açúcar refinado e sódio. No entanto, hidratos de carbono, fruta e legumes, de baixo custo e pobres em calorias, são, de facto, muito melhores para nós. Este artigo debruça-se sobre os dez melhores alimentos para a nossa saúde.

1. BRÓCULOS E CENOURA: Todas as espécies de legumes verdes escuros e vermelho vivo são pobres em calorias e ricas em vitamina A e na vitamina preventiva do cancro, o beta caroteno. Também são ricos em fibra.



2. BATATA: Um supernutriente barato. Uma batata de 140 g tem apenas 100 calorias e fornece uma alta percentagem de vitamina C, proteínas, ferro, riboflavina, tiamina, niacina (que ajuda a baixar o colesterol), fósforo e magnésio. Esta preciosidade não deve ser cozinhada em gordura ou serem-lhe adicionadas natas ou manteiga. Um bom complemento é iogurte com aneto, pimenta ou rábano. Em vez disso, por que não, simplesmente, colocar os legumes no topo do prato?

3. MASSA: Não faz engordar, no entanto atenção ao molho! Uma boa fonte de proteínas, vitaminas e minerais (mesmo no caso das massas brancas). Podem fazer-se alguns molhos com baixo teor de gordura e de calorias. Até mesmo um jantar de esparguete com carne e tomate tem menos calorias e duas vezes e meia os nutrientes de apenas o bife de um jantar de bife. Uma ideia é usar peru como carne alternativa para reduzir até 40% o índice de gordura da carne.

4. FRUTA FRESCA: Uma sobremesa natural rica em fibra, vitaminas e minerais. O açúcar da fruta é um hidrato de carbono que faz muito melhor do que aditivos com açúcar refinado. Fruta é melhor que sumo, porque é mais lentamente absorvida e é mais nutritiva.

5. PIPOCAS: Se não forem adicionadas de manteiga ou sal, consegue-se uma grande quantidade de fibra e apenas 23 calorias por chávena. Muito bom para aqueles que gostam de petiscar e ex-fumadores, por precisarem de pôr sempre alguma coisa na boca!


6. AVEIA: O benefício de um carro de luxo pelo preço de um carro de turismo. A aveia é uma fonte abundante de proteína e a componente que lhe dá consistência (pectina) ajuda a baixar o colesterol e a normalizar o nível de glicemia. Pode obter-se um bónus de proteína e cálcio preparando a aveia com leite magro e não com água. Uma refeição de aveia instantânea não é tão boa por causa do sal e açúcar extra.

7. IOGURTE E LEITE MAGRO: Uma boa fonte de proteínas e cálcio (que ajuda a manter os ossos fortes). O iogurte é melhor que o leite, mas também é mais caro. O iogurte é um bom sucedâneo do chantilly e do queijo creme em sobremesas e passa despercebido. É melhor adicionar fruta fresca ao iogurte do que comprar iogurte com aromas. O iogurte congelado tem menos gordura que o gelado, mas ainda tem muito açúcar.



8. PEIXE: Especialmente sardinhas e marisco! Qualquer peixe contém um óleo que ajuda a baixar o colesterol e a prevenir coágulos sanguíneos. As sardinhas são uma boa fonte de cálcio quando as espinhas são comidas. O marisco tem muito poucas calorias e a sua gordura é das que são benéficas para a saúde. Inclua regularmente o mexilhão, a ostra (mas não crua!) e o camarão na sua alimentação, mas não os prepare com gorduras monossaturadas. Peça o seu peixe na brasa, escalfado ou grelhado sem manteiga e ponha de lado aquele molho gordo e de altas calorias.

9. PÃO E CEREAIS INTEGRAIS: Um produto básico em todas as refeições. O pão integral tem mais 18 nutrientes que o pão branco. Confira os ingredientes, para se certificar de que se trata de um cereal integral como por exemplo aveia ou trigo integral e não somente farinha branca enriquecida.

10. LENTILHAS: Como por exemplo ervilhas secas e feijão. Uma grande fonte de proteínas e de pectina redutora do colesterol. São uma grande fonte de fibra e a energia que se obtém delas só prova que são um alimento saudável!

Nenhum comentário:

Postar um comentário