quinta-feira, 21 de maio de 2009

Ilha do Governador

Recebi do leitor Fábio Lopes de Souza um e-mail que faz uma descrição social e comportamental da Ilha do Governador. Ele achou esse material em alguns sites e acrescentou algumas informações. Muito bom, com certeza todo morador deste pitoresco bairro carioca vai se identificar.

É um texto de humor que vale muito ser lido.

Destaquei algumas partes:

Posto Ilha - O point máximo da bandidagem insulana. Segundo uma pesquisa do IIPPCRM-IG (Instituto Insulano de Pesquisas Pertinentes ao Comportamento Ridículo do Morador da Ilha do Governador), se todos os frequentadores desde belíssimo posto de gasolina localizado em frente ao Big Ben do Cacuia fossem atropelados e espremidos, o resultado seria a essência suprema do suco do inferno. O ambiente é composto por playboys, traficantes, travestis, roqueiros, funkeiros, eu, você, etc. A cerveja é quente, o atendimento é precário, o banheiro é imundo, tudo mais é ruim. Mas o point ostenta o posto de maior freqüência entre os points insulanos.

Comunicação: A Ilha do Governador já foi abordada por vezes na televisão brasileira, servindo de cenário para várias novelas, minisséries, seriados e afins do canal quatro. Mas em nenhuma ela teve tanto destaque quanto na primeira temporada de Lost.

O seriado narra à saga de passageiros de um boeing da TAM que, ao tentar pousar no Aeroporto Galeão, é obrigado a meter e arremeter sem parar por causa de um tiroteio na pista e ao levar bala na fuselagem, acaba caindo em uma praia da Ilha, conhecida como Engenhoca.

Ao cair nessa praia, os passageiros são assaltados, seqüestrados, estuprados e fuzilados. Os sobreviventes rapidamente se acomodam em um boteco e resolvem terminar tudo sem camisa com uma cervejinha, vendo o jogo do Flamengo no Rei do bacalhau.

Cliquem no leia mais abaixo e divirtam-se.


ILHA DO GOVERNADOR, A TEORIA SOBRE A SUA EXISTÊNCIA

A Ilha do Governador é na verdade uma ilha flutuante: ela está fora da estratosfera do planeta. Os moradores têm a plena ilusão de que estão cercados por água, mas na verdade, estão cercados por mangue por todos os lados. Existe uma ponte interdimensional, também conhecida como saída da Ilha, que liga esse singelo acidente geográfico às demais partes da cidade do Rio de Janeiro. Entretanto, como o fluxo externo às vezes é muito denso, causa um engarrafamento interdimensional. É habitada principalmente por tipos que vivem como se morassem em Beverly Hills, e como se tivessem milhares de Euros em suas contas bancárias (ou na de seus papais e mamães), e onde a juventude (e boa parte dos adultos) acredita que está em uma espécie de "elite suburbana" do Rio de Janeiro...




TRANSPORTES

ÔNIBUS - A Ilha do Governador possui vários tipos de transporte em ótimos estados. Seu estado de conservação, é comparado com as das grandes capitais mundiais. Vindo da Era Pré-Cambriana, existem ainda ônibus da maravilhosa empresa Paranapuã. Um deles é o lendário 324, que passa apenas a cada 78 anos junto com o Cometa Halley. Fora os maravilhosos Ônibus da Ideal, que têm a linha 696 (na verdade, o nome original era 666, mas por motivos metafísicos neo-carmáticos, foi mudado para 696) que faz o percurso Estrada do Dendê - Inferno.

TRANSPORTE ALTERNATIVO - Existe também as maravilhosas kombis-alternativas (que significa Carruagem para o Inferno). Um meio de transporte alternativo que é freqüentemente usado por todos os seres-vivos que habitam essa mística ilha. Ninguém tem exata certeza se as kombis surgiram porque o número de ônibus era diminuto ou se os ônibus insulanos quase chegaram à beira da extinção por causa da proliferação descontrolada das kombis. De fato, é sabido que essas pragas , digo, essas kombis param em filas duplas e até mesmo triplas no meio da avenida principal da pitoresca Ilha do Governador, em guerra para ver quem pega o próximo otário, digo, passageiro, em uma competição cyberespacial, mantendo a tradição insulana do inimaginável, com toda conivência do poder público estrelar.

HIDROVIAS - As barcas, que na verdade são conhecidas como Deathships Of Armaggedon (sem manutenção há pelo menos 40 anos, sendo otimista, acredita-se que algumas são até antediluvianas), elas são naves intergalácticas que viajam vários anos-luz em segundos (aproximadamente 760 milhões de anos-luz em 55 minutos, distância entre a Ilha do Governador e o centro do Rio).

OUTROS - Além de todas essas formas de locomoção, existe a disposição outra forma rápida, barata e revolucionária. As moto-táxis, onde motoristas normalmente menores infratores com suas motonetas barulhentas parecendo que vão dando tiros pela rua, adentram em lugares desérticos da Ilha onde nenhuma forma de vida habita, como Tubiacanga e Itacolomi.

ECONOMIA

CENTRO CULTURAL – Biblioteca Popular Euclides da Cunha, uma biblioteca jeitosinha, mas com vários problemas de funcionalidade e de infra-estrutura, já que a prefeitura jamais manda um real, sequer para consertar a privada.

CASA DE CULTURA – Casa de Costura Elke Maravilha, quer dizer, Casa de Cultura Elbe de Holanda.

CINEMA – O único cinema da Ilha do Governador era um Motel Drive-in, localizado na saída da Ilha (próximo à ponte dimensional). O drive-in encerrou suas atividades em dezembro de 2007.

LONA CULTURAL – Inaugurada em 2007, está fadada ao mesmo destino da lona antecessora. Primeiro vai se tornar um antro de maconheiro, para depois acabar em total descaso.

LIVRARIA – Localizado no Ilha Plaza, não tem uma expressividade muito grande, porque vai fechar em breve mesmo.

HOTELARIA - Existe uma grande quantidade de motéis na Ilha do Governador, os mais famosos deles se localizam na Praia da Bica; o Sunshine, que é caro e tem um péssimo serviço e o Joalo´s, vulgo "cara-do-gol", conhecido por ao término das atividades lá realizadas o casal já sai "na cara-do-gol", ou seja, defronte à Praça Jerusalém, umas das mais movimentadas e freqüentadas do bairro.

GASTRONOMIA – O maior e mais respeitado restaurante da Ilha do Governador é o Super Mac Lanches. Um dos poucos restaurantes do Brasil, que tem cinco estrelas no Guia Veja. O famoso restaurante, é dirigido pelo grande Chef Alex, mais conhecido como Alex Peruca. (mais detalhes à frente)

BAIRROS

A Ilha, ao contrário do que pensam, não é um bairro, é apenas um acidente geográfico. Os que merecem destaque são:

BANCÁRIOS – A Faixa de Gaza da Ilha, um dia sem tiroteio é atípico, e ponto de encontro de todas as kombis da Ilha, no bar do Marquinhos o famoso Porcão do Valão, assaltado 415 vezes por semana.

BOOGIE-WOOGUIE – Não é um bairro, nem uma comunidade, aliás, não se sabe como denominá-lo. Mas os mais antigos dizem que nada lá dá certo, tentaram introduzir um antigo comércio, que é tradicional no seu co-irmão Dendê, e também não deu certo.

CACUIA – O Centro Comercial da Ilha do Governador, existem nele várias lojas falindo. Também existe uma lenda, que o bairro é sombrio, pois se encontra o cemitério e os mortos andam à solta.

COCOTÁ - Existem diversas atrações turísticas como o travecódromo, as barcas (Deathships of Armaggedon), o Angu à Baiana (ao lado do Esporte Clube Cocotá) e o Zé do Alho, uma criatura mística, que vende alho na porta de um dos renomados colégios chamados Thales.

DENDÊ - Na verdade, não é um bairro, é uma favela, mas, por sua expressividade, é considerada a terceira maior favela da América Latina. Lá existe um tipo de comércio, muito típico da região.

FREGUESIA – O melhor Centro de Lazer (conhecido como Terraço Guanabara, Handevour, Peixão, entre outros) do fim de noite dos insulanos, com cerveja barata, sinuca e meninas da mais alta estirpe.

GALEÃO - Única parte da Ilha que mais de 50% dos estrangeiros conhecem, graças ao seu importante Aeroporto Internacional, que não se configura como uma saída da Ilha, já que insulanos não possuem capital suficiente para comprar passagem.

ILHA PLAZA - Não é um bairro, entretanto os trocadores da kombi gritam como se fosse um dos pontos de referência. É um Shopping Center que tem várias coisas bonitas, como várias lojas fechadas. É adjunto ao supermercado Assai, onde nas noites de Sexta-Feira e Sábados o pessoal mais “heavy” se juntam.

INPS (200) - Ponto final das kombis, é um setor místico do local, tipo Atlântida. Ninguém sabe onde fica, apenas sabe que existe porque pessoas vão pra lá. Dizem que é uma das portas de saída do Triângulo das Bermudas, o que desaparece lá, surge no 200.

ITACOLOMI ou USINA - Lugar onde se planta cana-de-açúcar e testes de armas do exército também conhecido como área 51 brasileira.

JARDIM CARIOCA – Não existe muita informação sobre ele, pois não se sabe aonde começa e acaba.

JARDIM GUANABARA - Aqui mora quem pensa que tem grana e aqui também ocorrem vários eventos nos fins de semana. Existem também as lendárias Línguas Negras, que são belíssimos pontos turísticos.

MONERÓ - Se resume ao corredor esportivo.

PORTUGUESA - Bairro onde acontece o maior confronto de gangues do local: Casinhas x Aerobita, protagonistas de vários casos de vandalismo na Praça Stuart Angel Jones (filho da Zuzu Angel) nos meados dos anos 90. Os confrontos sempre eram sangrentos, até o Parque Royal chegar e botar todo mundo pra correr.

PRAIA DA BANDEIRA - É a parte onde nada é consertado já que o Governo Paralelo do Tráfico não dá permissão para obras.

RIBEIRA - O point Gastronômico da Ilha com vários restaurantes prontos a atender a um grande público (o pessoal de classe média alta da Ilha do Governador que somam menos de 0,2% da população).

TAUÁ - É praticamente idêntico ao Cocotá, só que ao lado dos Bancários. Localizado ao entorno da esquina do mal, pastel de jacaré e o famoso Penetra (filial do respeitado Super Mac Lanches, do Alex Peruca).

TUBIACANGA - Não existem muitas informações desse lugar. Peixes dizem que é um pouco depois do apocalipse, e um pouco antes do fim do mundo. É um bairro bem desenvolvido ruas de barro, casas quebradas e festa da Tia Jurema. Bairro cenário de 1910. As lendas dizem que lá possui um vestígio de vida humana.

ZUMBI – Tradicional bairro insulano. Local da paradisíaca Praia da Engenhoca, o pedacinho de Búzios na Ilha do Governador.

EDUCAÇÃO

Existem vários colégios na Ilha, mas poucos podem ser citados. Os mais tradicionais são os três cursos técnicos para meliantes:

BRETANHA – O colégio dos viados, sapatões, etc.

CAMBAÚBA – O mais tradicional colégio da Ilha do Governador. Mas não se sabe muito sobre ele, pois até para passar na calça de fronte a ele, se paga.

CEL - Colégio onde os playboys vão dormir e ficam em recuperação. Acredita-se que da margem 90% de aprovação no vestibular, os 10% restantes estudem lá. É também conhecido como maior estacionamento de Scooter da Ilha. O colégio possui até antenas de celular e Nextel para suportar a grande demanda dos alunos.

HORIZONTE – Colégio muito tradicional, mas que até 2010 deve falir.

JGS – É mais um exemplo de centro de lazer na Ilha do Governador. Com sua sigla que significa "Jardim das Galinhas Solitárias" tem no seu mentor Nicolau (Pega no meu P...) São as maiores influências para se ter uma vida digna no que se refere à putaria. Seu sistema de ensino é baseado na filosofia Vampetiana, "A gente finge que ensina e os alunos fingem que aprendem”.

LEMOS CUNHA - Misto de escola e clube, sua extensa área era a ideal para os treinamentos de campo, como técnicas de frutividade na selva e técnicas em luta corporal, que eram praticadas no seu anexo Mobilha. Daí veio à expressão "Te pego na Mobilha", bastante ouvida e proferida no fim dos anos 80 e início dos anos 90. Lá também costuma rolar amasso hetero/homo entre os alunos nos fundos do colégio.

NEWTOM BRAGA - Teoricamente colégio para filhos de militares, cujo rigor era característica na década de 80/90. Hoje em dia, o colégio está tomado por professores maconheiros e revolucionários fracassados na década de 70, emos e alunas piranhudas. Teve célebres alunos, como Roger Chinelinho (ex-Fluminense, ex-Corinthians, ex-Flamengo, ex-Gremista, etc).

PARANAPUÃ – O colégio dos nerds, emos, etc.

THALES DE MILETO – De ensino particular, consagrado nas décadas de 80 e 90 como o melhor lugar para praticar totó (pebolim em paulistanês), sinuca, tamanco, basquete, dentre outras diversões. Possui um inovador sistema de crédito educativo, onde basta pagar para passar de ano. Suas atividades de entretenimento também incluíam shows de artistas renomados, como Cid Guerreiro e Mara Maravilha. Havia boatos de que existia um centro educacional de "ensino em alto nível", mas ninguém nunca descobriu onde era. Hoje, a instituição sobrevive da agricultura, produzindo sementinhas do mal em larga escala.

OBS 1: O ensino superior limita-se à concessionária Estácio de Sá, a UniverCidade, Óperon, Uniabeu, que ninguém sabe onde é e a FACIG (Faculdade Clubista da Ilha do Governador) situada nas mesmas dependências do Lemos Cunha.

OBS dois: A rivalidade entre Newton Braga e Lemos Clube foi notória em meados da década de 90, quando os dois presídios, digo colégios, se enfrentavam nas marchas de 7 de setembro, fazendo do Aterro do Cocotá um ringue de Vale-Tudo coletivo.

COMÉRCIO

São baseados na venda de produtos para cheiramento, turismo sexual, igrejas evangélicas, catálogos da Avon e hambúrguer na Praia da Bica.




POPULAÇÃO

“Como se faz para descobrir que alguém é da Ilha do Governador?” Noob sobre a população insulana

Respondendo aos noobs, tem uma maneira fácil. Jogue-os em uma sala escura: se ficar parado, é totem; se dançar com a parede, é gótico; se chorar, são emo (um indício de que pode ser insulano) e se assaltar as demais criaturas na sala, é insulano. A população insulana é basicamente formada de 25% emo, 45% favelados, 10% playboys, 20% de travestis. Dentro desses 25% emos, 12,5% são mulheres e o resto faz bico no salão de cabeleireiro. Dos favelados, 20% Mulheres e 5% fazem curso de cabeleireiro. Dos 10% de playboys, 50% são mulheres (patricinhas, playboys femininas) e 50% são bichas enrustidas. Os travestis, são travestis. Existe a população estrangeira; qualquer um que não se enquadre nisso não faz parte da população da raça insulana, os Homo Insulae.

GASTRONOMIA

A Ilha é uma verdadeira meca da gastronomia carioca e, diga-se de passagem, mundial. Por ano, milhares de turistas são atraídos para essa terra das delícias, para provar de suas iguarias raras. Chefs do mundo todo peregrinam para este modesto vilarejo em busca de seus segredos gastronômicos guardados a sete chaves.

O maior e mais respeitado restaurante da Ilha do Governador é o Super Mac Lanches. Um dos poucos restaurantes do Brasil, que tem cinco estrelas no Guia Veja. O famoso restaurante, é dirigido pelo grande Chef Alex, mais conhecido como Alex Peruca, uma das maiores celebridades do vilarejo e conhecido por todas as pessoas, animais e coisas que lá residem. Sua competência na cozinha e nos negócios garantiram uma rápida ascensão e crescente reconhecimento na arte de cozinhar bem.

Ir à Ilha e não degustar das delícias do Super Mac Lanches é a mesma coisa que ir a Roma e não ver o Papa. As entradas, saladas e sobremesas são de extremo bom-gosto, todas elas assinadas pelo Chef Alex Peruca. Com exceção de obras-primas como o Sete Pecados Capitais (um sanduíche com 7 hambúrgueres de picanha de ornitorrinco + alface, cebola, tomate, ovo, queijo, presunto, bacon, calabresa, cheddar, gorgonzola, requeijão, picles, salpicão, cenoura, beterraba, champignon, palmito, azeitona, batata-palha, fatias de abacaxi, raiz forte, chilli, caviar, camarão VG, nuggets, miojo, sashimi de tubarão-martelo e molho de alho), que foi criado em parceria com Jamie Oliver e Miguel Falabella.

Reza a lenda que um homem chamado Laborinha uma vez conseguiu comer o Sete Pecados Capitais sozinho, mas ninguém sabe se é verdade ou não. Há indícios de que este jovem foi capturado pela Al-Qaeda, que planeja atacar novamente Nova York, mas dessa vez se utilizando das flatulências letais que serão emitidas pelo ânus deste rapaz.

CULTURA

Alguns pontos de diversão importante da Ilha do Governador:

Atrás do ASSAI - É o único lugar da dimensão insulana onde é possível encontrar punks, gays, emos se beijando na porta de um supermercado que fica aberto até às 23h. Depois disso, todos vão para casa teclar no MSN, Mirc, Orkut, bate-papo Erótico do UOL.

LA PLAYA - Point da playboizada. Costumam lotar o ambiente todas as semanas para ver as mesmas atrações, normalmente funk, pagode, forró, tecnobeat e etc. N Praça Jerusalém em frente à boate se praticam vários esportes, na saída das festas, com modalidades belíssimas como lançamentos de long neck, revezamento de jogaria e a modalidade mais praticada pelos playboys do Iate que frequentam o local: a modalidade "você sabe quem eu sou”.

POSTO ILHA - O point máximo da bandidagem insulana. Segundo uma pesquisa do IIPPCRM-IG (Instituto Insulano de Pesquisas Pertinentes ao Comportamento Ridículo do Morador da Ilha do Governador), se todos os frequentadores desde belíssimo posto de gasolina localizado em frente ao Big Ben do Cacuia fossem atropelados e espremidos, o resultado seria a essência suprema do suco do inferno. O ambiente é composto por playboys, traficantes, travestis, roqueiros, funkeiros, eu, você, etc. A cerveja é quente, o atendimento é precário, o banheiro é imundo, tudo mais é ruim. Mas o point ostenta o posto de maior freqüência entre os points insulanos.

PRAIA DO SÃO BENTO - É o único lugar da Ilha acessado por pessoas extra-ilha, mais especificamente dos Complexos do Alemão e da Maré. Trata-se de uma praia cheia de trailers, tocando pagode, forró e funk num volume absurdo, o que deixa todos os seus frequentadores surdos, fazendo com que se digladiam em troca de uma cerveja estupidamente quente a meros R$4,50. Para analisar mais profundamente este evento, o sueco, advogado e maconheiro Fernandsen SaoBentsson desenvolveu uma fórmula que fornece valores precisos sobre a Praia de São Bento: multiplica-se a quantidade de cerveja quente ingerida pela quantidade de pessoas transitando pelo point para descobrir o número exato tiros disparados na noite em questão.

TERRAÇO GUANABARA - Um dos mais importantes ou talvez o mais importante seja o Terraço Guanabara (Peixão), um prostíbulo muito freqüentado. Onde se encontram meninas da mais alta estirpe, onde 98% da população masculina insulana perde a virgindade. Fica localizado no fim do mundo da Ilha um lugar místico onde poucos passam, sobrevivem (Freguesia). Variação de gastos fica entre R$10,00 (blow job) e R$25,00 (pussy).

COMUNICAÇÃO

A Ilha do Governador já foi abordada por vezes na televisão brasileira, servindo de cenário para várias novelas, minisséries, seriados e afins do canal quatro. Mas em nenhuma ela teve tanto destaque quanto na primeira temporada de Lost.

O seriado narra à saga de passageiros de um boeing da TAM que, ao tentar pousar no Aeroporto Galeão, é obrigado a meter e arremeter sem parar por causa de um tiroteio na pista e ao levar bala na fuselagem, acaba caindo em uma praia da Ilha, conhecida como Engenhoca.

Ao cair nessa praia, os passageiros são assaltados, seqüestrados, estuprados e fuzilados. Os sobreviventes rapidamente se acomodam em um boteco e resolvem terminar tudo sem camisa com uma cervejinha, vendo o jogo do Flamengo no Rei do bacalhau.

EX-MORADORES E MORADORES ILUSTRES

Acraílson Forde (mais conhecido como Ito Melodia)
Alex Peruca
Alex Praia (João Buracão)
Anão da União da Ilha (o enterro mais lotado do cemitério do Cacuia)
Aroldo Melodia
Bigode (balconista do Posto Ilha)
Bizulai
Brito (jogador da Copa de 70)
Buchecha (parceiro do falecido Claudinho, que virou nome de Rua na Portuguesa)
Castro Gonzaga (ator)
Chiquinha Gonzaga
Chopinho (feirante, projeto de segurança, etc)
Elbe de Holanda (quem?)
Flora do Cacuia
Gordo
Haroldo de Andrade
Hélio (que faz arte com cobre e costuma ficar no Canto’s Bar)
Hipponga (vende cordão com seu nome escrito num grão de arroz)
Izaque (tiozinho que canta no Ilha Plaza)
Letícia Spiller
Levegê (mendigo da Praia da Bica)
Maluco do Sim
Melquisedeque Marins Marques (mais conhecido como Quinho do Salgueiro)
Miguel Falabella
Miltinho do Dendê
Nilton Santos
Orlando Silva
Rachel de Queiroz
Renato Russo
Roger Chinelinho (ex-jogador do Fluminense, do Flamengo, do Corinthians, do Grêmio, etc)
Sunda (pergunta, vai?)
Tia Berê
Waldick Soriano
Wanderley Cardoso
Zé Everaldo (o maior político insulano, de todos os tempos)

GRANDES FRASES E PENSAMENTOS

“Morro do Dendê, é um local cercado de casas por todos os lados.”
Geógrafo da MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussetts), sobre a Ilha do Governador

“Primeiro foco de gripe suína no Brasil”
ONU sobre a Ilha do Governador

“Ilha”?
Estrangeiro sobre a Ilha do Governador

“Morro do dendê é ruim de invadir...“
Hino Oficial da Ilha do Governador

“Ssssiiiiiiiiiiimmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm!!!!“
O mais importante expoente da filosofia insulana, Maluco do Sim

“Me dá deis centavos aí tiu por favor, dá aí tia, dá cinco centavos aí...“
Flora do Cacuia

“Oh grande! Tem um cigarro pra me arrumar? Puxa vida...”
Levegê

“João Buracão é o caralho.”
Alex Praia (João Buracão)

“Você conhece o seu nome escrito em um grão de arroz?”
Hipponga

“Cacuia Cocotá Estradendê Moneró Ilha Praza Village Parque Royal! Chegae tá vazia!
Trocador de Kombi da Ilha do Governador

“Peixaria, saída da Ilha, Bonsucesso, Praça das Nações, preço da kombi!”
Trocador de Van da Ilha do Governador

“Eooooooooo amuuuuuuuuuxxxxxxxx mtxoooooooooooo a Ilhaxxxxxxxxx do Governhadorxxxxxxxxxx, ehhhhhhh xuper fofixxxxxxxxxx e eo tenhu mtxo miguxinhos akixxxxxxxxx!!!!!”
Emo da Ilha do Governador

“Partiu?”
Playboy-viciado da Praia da Bica, indo sabe-se pra onde

“Bora para o Ilha Plaza.”
Novinhas, sobre um, dos milhares de pontos de entretenimentos da Ilha do Governador

“Partiu La Playa”
Playboy sobre outro grande ponto de entretenimento da Ilha do Governador

“Jaé lesk!“
Outro playboy sobre a frase anterior

37 comentários:

  1. Ótimo resumo, ressaltando os grandes expoentes insulanos e seu respectivos papéis de grande valia para o enriquecimento do bairro.
     

    ResponderExcluir
  2. Ótimo resumo, ressaltando os grandes expoentes insulanos e seus respectivos papéis de grande valia para o enriquecimento do bairro. 
     

    ResponderExcluir
  3. Quem é essa pessoa que acha que conhece todo mundo que mora na ilha?
    Mora na ilha e não me enquadro em nenhum dos grupinhos que você falou aí em cima...

    ResponderExcluir
  4. resumindo a ilha é uma merda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Não tem dinheiro mora na ilha!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    quem tem dinheiro moro no leblon como eu.

    ResponderExcluir
  5. <span>zumbi o "pedacinho de Búzios" ta de sacanagem com a minha cara né?!
    </span>

    ResponderExcluir
  6. hahahahahaha muito bom!

    ResponderExcluir
  7. Huhauhauhauhaua, esqueceu de ressaltar a valorizacão da ilha agora com o cinema do ilha plaza, cujo morador dispoe de diversas opcoes de filmes (3), ainda encontra o vizinho, a empregada, o professor, o frentista do select, entre outros!

    ResponderExcluir
  8. um sanduíche com 7 hambúrgueres de picanha de ornitorrinco + alface, cebola, tomate, ovo, queijo, presunto, bacon, calabresa, cheddar, gorgonzola, requeijão, picles, salpicão, cenoura, beterraba, champignon, palmito, azeitona, batata-palha, fatias de abacaxi, raiz forte, chilli, caviar, camarão VG, nuggets, miojo, sashimi de tubarão-martelo e molho de alho não tah exagerando ñ? pedacinho de buzios?é pra morrer de rir
    <span>JARDIM GUANABARA</span> - Aqui mora quem pensa que tem grana e aqui também ocorrem vários eventos nos fins de semana. Existem também as lendárias Línguas Negras, que são belíssimos pontos turísticos.
    O que são linguas negras?

    ResponderExcluir
  9. <span>um sanduíche com 7 hambúrgueres de picanha de ornitorrinco + alface, cebola, tomate, ovo, queijo, presunto, bacon, calabresa, cheddar, gorgonzola, requeijão, picles, salpicão, cenoura, beterraba, champignon, palmito, azeitona, batata-palha, fatias de abacaxi, raiz forte, chilli, caviar, camarão VG, nuggets, miojo, sashimi de tubarão-martelo e molho de alho não tah exagerando ñ? pedacinho de buzios?é pra morrer de rir 
    <span>JARDIM GUANABARA</span> - Aqui mora quem pensa que tem grana e aqui também ocorrem vários eventos nos fins de semana. Existem também as lendárias Línguas Negras, que são belíssimos pontos turísticos. 
    O que são linguas negras?</span>
    <span>esqueceu de falar da união da ilha eu odeio o ensaio de rua da pra escutar tua aqui de casa é mtu ruim odeio samba</span>

    ResponderExcluir
  10. Línguas negras são saídas de esgoto na praia, que deixam aquele rasto negro de sujeira na areia.

    Você não conhece o sanduíche do Mc Lanche? Precisa ir lá urgentemente.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. sensacional!
    tirando alguns erros de portugues (o que te caracteriza "insulado" ehauheua)

    Me diz uma coisa, você mora na ilha? com certeza né, conheçe como ninguém tudo de ruim que tem lá...

    Moro na ilha, por opção, até por que meu bairro tem uma calma que, provavelmente o seu não tem...

    Acredito que morar em caxias, maré e seus entornos, ebaixada em geral, deve ser realmente muito mais "confortável" que morar na ilha!!ehauheua

    Até concordo com você com muitas coisas que tem na ilha são "trevas", mas será que no rio comprido+leopoldina e VM é melhor?

    Você precisa ler mais jornal, ficar mais atualizado...e conhecer melhor onde você mora, tirando a sua casa, que provavelmente é no dende, e se não é, é proximo...

    Alias, vecê realmente deve ser um insulado, mal deve ter terminado a escola, e fica em casa o dia todo, não trabalha e nem faz faculdade, pois se fizesse não estaria perdendo seu tempo falando mal da ilha...
    E se não gosta da ilha, simplesmente se mude, ou você não tem dinheiro pra sair da sua casinha alugada?

    Abração LEKE!ehauehua

    ResponderExcluir
  12. A, sim, esqueci o recado para o morador do leblon...
    Moro na ilha, mas tenho moradia na barra, niterói e uma pequena fazenda em itaipava....

    Não sou rico, como o dono da Reginas(que mora na ilha), ou um dos sócios da refinaria(que mora na ilha), ou alguns donos de fábricas bem lucrativas(que moram na ilha), mas tenho a possibilidade de escolher um outro lugar p morar, mas gosto do cantinho na ilha...

    complicado né...

    ResponderExcluir
  13. Vamos lá:

    1- Ficou claro que você é da Ilha, já que seu comentário também está cheio de erros;
    2- Não sou o autor do texto, conforme explico logo no início;
    3- Sou pós-graduado pela FGV e moro em casa própria.

    ResponderExcluir
  14. Às custas do papai é mole.

    ResponderExcluir
  15. Bem...pelo humor cáustico empregado ao texto é válido. por outro lado isso é um retrato não só insulano como fluminense. O legal é que podemos salvar o texto e depois só trocar os lugares e vai ficar a mesma m**a, troca-se o La Playa pela Baronetti, o Posto Ilha pelo posto da Dr. Satamini na Tijuca.  Sem contar que pode-se ganhar com merchandising de alguns lugares, ex: o Rende-Vouz ( assim que se escreve tá) e outros...vou partir pra bater um rango no Maclanche.

    ResponderExcluir
  16. CARA FALTOU FALAR DE VARIOS PERSONALIDADES DA ILHA COMO O HOMEM DAS CAVERNAS QUE FICA NO COCOTA,  A MULHER DO SACO DE LIXO,VOVOZONA DAS KOMBIS, BLACK DO CUZCUZ, FALECIDA DONA XIXA DO BOOGIE WOOGUIE, BETINHO CORAÇÃO,O ABENÇOADO DA EMPADINHA,E OEI PISSIU, BAIRRO PRAIA DA ROSA, GUARABU, BANANAL, DOS COMERCIOS AMARELINHO, MECADO SUPER MARKENTING COM CHEIRO DE VALA E RATOS A LUZ DO DIA, MENOS MONEY VOCE ENTRA E SAI COM MENOS MONEY
    QUER FALAR DA ILHA FALE DIREITO

    ResponderExcluir
  17. Olha eu moro em niterói na região oceanica....e não conhecia a ilha mas olha o que eu ri lendo isso foi muito bommmmm...vc é demais muito engraçado.......vc soube decifrar pra mim que nda conheço ai um lugar que uns amigos meus melevarão onde acontece o revezameno de long neck...muito engraçadoooo...o melhor foi do povo se beijando atráz do mercado...nossa ilário....Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  18. Valeu Bruna, mas o texto não é meu. Recebi por email de um leitor.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  19. ACHO QUE VOCÊ PRECISA IR EM TUBIACANGA PARA PODER FALAR MELHOR SOBRE ESTE PEQUENO BAIRRO DA ILHA... ' RUAS DE BARRO, CASAS QUEBRADAS...??? VESTÍGIO DE VIDA HUMANA?????""" É REALMENTE VOCÊ TEM CONHECER ANTES DE FALAR OU JULGAR!!!

    ResponderExcluir
  20. Pós-Graduado pela FGV - Fundação de Gays Vagabundos!

    ResponderExcluir
  21. Vamos ressaltar que deve conhecer muito bem as Piranhudas do CBNB por que toda família deve ter estudado lá, né??? E deve ter feito muitos trabalhos na praia de São Bento à qual deu como herança a este ser de ter uma casa própria. O supracitado deste site simplesmente é um dano moral aos moradores e uma falta de respeito sem tamanho com as pessoas...

    ResponderExcluir
  22. Vamos ressaltar que deve conhecer muito bem as Piranhudas do CBNB por que toda família deve ter estudado lá, né??? E deve ter feito muitos trabalhos na praia de São Bento à qual deu como herança a este ser de ter uma casa própria. O supracitado deste site simplesmente é um dano moral aos moradores e uma falta de respeito sem tamanho com as pessoas...

    ResponderExcluir
  23. Olha realmente fico cada dia mais assustada com o que as faculdades vem diplomando qualquer pessoa... estão fazendo formação de ignorantes em massa. Por isso tanta gente sem fazer nada e criticando a vida alheia... Depois vão dizer que não tiveram sorte na vida... perderam tempo com coisas inutéis... Ops... o que estou fazendo aqui... tem coisas mais enriquecedoras para eu desenvolver cada dia mais minha cultura... vc sabe o que é isso?!?!?! KKKKkkkk

    ResponderExcluir
  24. kkkkkkkkkkkkk Me divirto com esse site. As melhores piadas são dos leitores.

    ResponderExcluir
  25. Gente voces estão estressados?

    ResponderExcluir
  26. Hoje é sexta-feira galera. Vamos relaxar vamos!!!!!!
    Hoje é dia de comemorar!!!!

    ResponderExcluir
  27. Galera adoro morar na ILha
    Beijos em todos

    ResponderExcluir
  28. <p>Tem gente que não entende uma piada. E aí, Andrea, onde vamos beber?
    </p>

    ResponderExcluir
  29. ridiculo, gente que nao tem realmente o que, deve ser um pé rapado, que nao está satisfeito com sua vida e quer esculachar a dos outros... ah em vez de zuar a Flora, pq vc nao pensa no seu futuro, que naodeve ser nada promissor, e se precave, pq de repente é vc que pode tá pedindo diheiro na Ilha do Governador... BABACA

    ResponderExcluir
  30. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  31. Estou me mudando para Ilha e realmente fiquei perplexa como vc v~e a quele bairro , que me pareceu tranquilo e esquecido infelizmente pelos politicos.
    Vou morar na freguesia, e amei a casaque acabei de adquirir...
    Vc realmente me deixou muito entristecida.
    Bjs a todos e epero que vc esteje completamente errado.
    Mas respeito sua opinião.

    ResponderExcluir
  32. Vai morar perto do trabalho? O Peixão é bem conhecido no bairro.

    ResponderExcluir
  33. vai toma no cu filho da puta,bota a cara la em tubiacanga seu merda

    ResponderExcluir
  34. vai toma no cu filho da puta,bota a cara la em tubiacanga seu merda

    ResponderExcluir
  35. <span>Quem escreveu isto sobre a 8lha e seus moradores e um perfeito idiota e inegumeno de nada sabe e fala mal de quem nao sabe e do lugar que nao conhece, vc sabe la quem e, e burro de doer, ignorante ao extremo. Pessoas do bem moram aqui como eu e muitos outros, pessoas que trabalham e ajudam com seus impostos a sustentar vagabundos como vc, va procurar um emprego e um colegio para estudar.</span>

    ResponderExcluir