sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Uma história real

Nos raros momentos em que não estou com pressa e tenho um pouco de paciência, gosto de ouvir histórias de desconhecidos na rua. Quando alguém tenta puxar papo eu ignoro na maioria das vezes, mas não ontem.

Um cidadão estava angustiado, pensando o que fazer da vida. Ex-presidiário, cumpriu peno por tráfico, pegou duzentos reais emprestados para comprar mercadorias para vender na rua. A mercadoria (não sei qual) foi apreendida pela Guarda Municipal.

Só tinha oitenta reais no bolso e não sabia o que fazer para pagar o empréstimo. Emprego para quem nunca foi preso já está difícil, se o cidadão tem na ficha uma condenação por tráfico então, lascou. Tentando largar a vida do crime, o Estado não lhe dá oportunidades.

Ele prosseguiu contando que ainda tinha abertura no movimento e poderia voltar quando quisesse. Não sei, mas acho que o Rio perdeu um ambulante e acabou ganhando mais um traficante.

E que piora minha revolta é imaginar o que os guardas fazem com as mercadorias apreendidas.

Parabéns senhor prefeito Eduardo Paes. Aguardo ansiosamente o choque de emprego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário