sábado, 1 de maio de 2010

Clube da Praia

Durante muito tempo, os quiosques que ficavam no final da Praia da Bica, aqueles localizados depois da subida do Sunshine, ficavam mais vazios que os outros, deixando a impressão que aquele pedaço não era uma boa opção, que qualquer empreendimento por ali era sinônimo de fracasso. Felizmente, todos que pensavam assim estavam enganados, o Mexe México e o Clube da Praia estão aí para provar que quando se faz algo diferente e bem feito as pessoas vão.

Nunca tinha ido ao Clube da Praia e parar lá não tinha sido minha primeira opção. A Ilha do Governador é um bairro dormitório, durante a semana é quase impossível achar um bar depois de uma ou duas da manhã, inclusive na véspera de um feriado, como era o caso. Os bares da Ribeira já estavam com as cadeiras em cima das mesas, só esperando os últimos boêmios irem embora. O Clube da Praia ainda tinha alguns gatos pingados e música ao vivo.

Bem agradável o quiosque. Cadeiras de madeira confortáveis e um clima bacana. Não comi nada, apenas bebi alguns chopes, que infelizmente não estavam sendo bem tirados, por isso, logo parti para a cerveja. O problema não era a chopeira, ela estava bem regulada. O problema era quem estava tirando.

O que acho impressionante é a falta de critério das pessoas. Aquela torre de chope é um crime para o bom apreciador da bebida, ainda mais com um amador comandando a chopeira. Apesar disso, muitas mesas exibiam tal apetrecho. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário