domingo, 27 de novembro de 2011

Karekas no Rio Botequim 2012

Em janeiro escrevi esta postagem criticando a edição 2011 do Rio Botequim, guia que descreve os melhores estabelecimentos da cidade e adjacências. Foi uma crítica pesada, na qual contei porque não tinha gostado. Também falei que iniciaria um movimento para colocar o Kareka's no livro e, para minha surpresa, deu certo.

Há alguns meses um dos pesquisadores do guia, que leu minha postagem, foi até lá conhecer, gostou do que viu e prometeu voltar em breve para tirar fotografias profissionais. Realmente voltou e agora é oficial: o Kareka's estará na edição 2012 do Rio Botequim.

Além dos petiscos gostosos, o que chamou a atenção da equipe do guia foi o sistema self service, na qual o próprio cliente pega sua cerveja no freezer. Cerveja, aliás, que é, sem qualquer dúvida, a mais gelada da cidade.

Bolinho de bacalhau com aipim

Estive lá ontem e a casa está totalmente mudada. Com mais espaço interno, completamente lotada, não é mais aquele botequim descrito aqui no longínquo mês de janeiro. Agora é frequentado por gente moderninha, que usa cachecóis coloridos, playboys em carros tunados, música ruim e suas periguetes, famílias do entorno e evangélicos recém saídos do culto. Muito movimento e algazarra que não me atrai. Mas felizmente a comida continua excelente e barata, mesmo depois do aumento dos preços efetuados durante a reforma. Só é preciso não ter pressa, pelo menos nos dias e horários de pico.

Esse tipo de coisa é bem comum acontecer, já ouvi grandes nomes da crítica baixa gastronômica carioca falar a respeito. Depois que eles publicam alguma resenha sobre um bar, o lugar tem seu movimento aumentado e em pouco tempo deixa de ser aquilo que era antes da crítica. Faz parte do processo.

Mas estou muito feliz pelo Carlos e sua esposa Jussara. São dois guerreiros que merecem muito o sucesso que estão fazendo, principalmente por ter ajudado nisso, por ter colocado o Kareka's na lista dos melhores do Rio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário