domingo, 17 de março de 2013

Café da manhã no Forte de Copacabana

Café da manhã no 18 do Forte (fonte da imagem)
O Rio possui diversos lugares bacanas que merecem ser visitados de manhã cedo em um final de semana. Um exemplo é o Forte de Copacabana, e foi para lá que rumei para tomar café, de frente para o mar em um belo domingo de sol.

Além da Confeitaria Colombo, o café 18 do Forte oferece excelentes opções no cardápio, tanto para o desejum quanto para o almoço. O único problema é o tempo espera. Fila para conseguir mesa, demora para pedir, para chegar a comida, para pagar, sem falar do tempo para conseguir vaga para estacionar. É preciso muita paciência. Uma dica: já chegue alimentado e vá sem hora para voltar. O tempo de espera por uma mesa supera os sessenta minutos, sem contar as demais etapas do serviço. Vi muita gente indo embora com raiva e xingando.

O café para duas pessoas custa R$54 (sem os 10% - março de 2013) e vem com suco de laranja, uma bebida quente, cesta de pães, manteiga, geléia, frios, iogurte, frutas, mel e granola. Não é muita coisa, mas dá.

Se lá voltar, passarei antes no Hortifruti ou no Zona Sul para comprar sucos e sanduíches e sentarei na mureta do Forte ou na laje dos canhões, como muita gente costumar fazer. Além de desfrutar do visual, evita-se as aporrinhações com a demora, além de sair mais barato. Uma garrafa de vinho também é uma boa idéia. 

Em uma próxima ocasião irei La Bicyclette, no Jardim Botânico, uma padaria com pães artesanais, receitas antigas e assados na pedra com ingredientes de primeira, orgânicos e de pequenos produtores, sem gordura e açúcar.  Hummmmmmmmm

Entrada: R$6,00
Das 10 às 20h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário