terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Rio Botequim 2010

Foi lançado semana passada o guia Rio Botequim 2010, escrito pelo economista Guilherme Studart. Sou fã do cara: economista executivo do Banco Central, profundo conhecedor de vinhos, música clássica e botecos. Ele sabe abrir uma garrafa de espumante com um sabre, habilidade conhecida por poucos.

O guia 2010 possui algumas novidades: pouca repetição de botequins que apareceram nos guias anteriores e inclusão de estabelecimentos de outros municípios próximos ao Rio.

Quatro botequins da Ilha do Governador entraram nesta edição. Seguem comentários deste humilde blogueiro:



Estabelecimento presente em todos os guias da baixa gastronomia carioca, famoso por seu bolinho que não utiliza farinha, preparado diante dos clientes à moda portuguesa, ou seja, enrolado com duas colheres e sem contato manual. Leia esta postagem que escrevi quando estive lá.

É o único botequim do bairro que constou no guia anterior. O outro foi o Siri do Galeão, sabiamente excluído, já que é um restaurante e não um botequim.

Avenida Paranapuã, 1.317 - Tauá. Telefones: 2491-7726


O Pontapé já foi um dos melhores botequins da Ilha do Governador. Com pouco tempo de aberto conquistou rapidamente a crítica especializada e entrou para o rol das melhores casas do Rio.

Há pouco tempo mudou para uma casa de praia na praça da Ribeira e a coisa degringolou. Apesar do Guilherme dizer que o lugar não perdeu suas características, eu e meus amigos dizemos que o Pontapé está morto. Não sei se os problemas foram conseqüência dos ajustes advindos da mudança, mas o pagodinho em alto volume fez com que eu dificilmente tenha vontade de lá voltar. Leia postagem aqui.

Praia da Ribeira, 63. Telefone: 2467-6954

Capitania dos Copos

Esse restaurante é ótimo, um dos poucos em que você pode ir de barco, já que possui um cais. Experimente ir lá num diz de sol e sentar em uma mesa no pier. A decoração parece saída de um filme ou do desenho do Bob Esponja, com motivos náuticos.

Caldeirada, porções de peixes diversos, camarões e diversos outros frutos do mar compõem o cardápio. A última vez em que lá estive ainda vendia Guaraná Jesus.

Fica na Tubiacanga, prá lá do aeroporto.

Praia de Tubiacanga, 24. Telefone: 3368-9498.

Petisqueira Martinho

Seu Martinho abriu sua peixaria há mais de quarenta anos, e há dois a família abriu a petisqueira logo ao lado.

Só estive lá uma única vez, numa noite chuvosa. Bebi alguns chopes e comi um dos pratos mais famosos da casa, o camarão crocante. Muito bom.

Praia do Jequiá, 33 - Ribeira. Telefone: 3298-5518

2 comentários:

  1. Quero ir ao restaurante/bar/boteco do Bob ESponja!

    ResponderExcluir
  2. A gente pode marcar um dia, ir todo mundo.

    Abraços.

    ResponderExcluir